domingo, 9 de agosto de 2009

Foi ele...

que me disse pela primeira vez em minha vida que mulher tem que ser auto-suficiente e independente, foi ele que me ensinou mitologia grega, história geral, artes e me iniciou no cinema me levando para assistir filmes do Charles Chaplin interpretando Carlitos , foi ele também que me alertou sobre os perigos do mundo e o quanto é importante conhecer o centro de São Paulo e com todos os seus problemas, amar essa cidade e sua história. Ele era escritor, fazia cálculos, escrevia com as duas mãos e entendia tudo de futebol e conseguia guardar todos os resultados de jogos e o time escalado na final do campeonato de 1952. Todos o chamavam de enciclopédia ambulante e quando se tinha alguma dúvida a respeito de qualquer assunto ele estava lá para esclarecer com boa vontade e erudição. Adorava dançar,entendia de ópera e imitava as pessoas com um talento genuíno, com certeza se lesse minhas postagens corregiria tudo e usaria todo seu sarcasmo para me criticar.
Ele foi Sr. Marcello Viggiano, o meu pai.

4 comentários:

Maíra disse...

que bonito seu texto, clau. bastante singelo, parece dizer muito nas entrelinhas sobre você e seu pai. um abraço bem grande.

Jeanne Laísa disse...

eu diria " É ele..."

beijo grande.

Brecho Juci disse...

Oiii

Novidade: Calça jeans da Dolce & Gabanna e Carmim no blog.
Sapatos: Shoestock, Corello e Jorge Alex.
Confira em http://brechojuci.blogspot.com

Inêz Elisa e Luciana Luz disse...

Muito Amoroso.