segunda-feira, 16 de julho de 2012

Gravador da Clau

Um dos meus passatempos preferidos na minha infância, fora um pequeno gravador branco todo lascado que servia para gravar minha voz e as coisas que aconteciam a minha volta, de uma certa forma todos na minha casa tinham um pouco de receio com esse meu divertimento, pois era uma prova do temido crime das palavras ditas sem pensar.
Tinha que tomar o maior cuidado, quando dava certo de gravar a tão esperada música que tocara na rádio "Exelcior ou "Difusora" AM, pois uma voz poderia acabar com tudo, e meu esforço de um dia inteiro ia tudo por água abaixo, normalmente essas vozes eram da minha mãe dizendo :
- Desliga essa porcaria e vem almoçar !
Tinha umas mais fofinhas, como:
- Começou, Vila Sézamo !
Outro defeito das minhas gravações era o "clac" do botão REC, que também sempre saia na música.
Uma certa vez o meu amado e amigo gravador, travou e a fita cassete ficou presa, na hora de tira-lá a mesma ficou toda comida ou melhor " devorada" , com todas as minhas músicas preferidas gravadas com tanto sacrifício- Uma verdadeira desgraça, acho que isso também, pode ser uma das causas que não consigo sair da minha terapia.
Essa história velha, antiga e menopausada, tem uma associação com o meu cérebro que anda tão travado, inibindo a minha criatividade e vontade de escrever. Tomara que isso passe logo, e que todas minhas coisinhas tão bonitinhas e conservadas que pretendo vender aqui, não sejam comidas pelas traças como a minha fita cassete com as músicas preferidas da rádio Difusora AM em 1974.

5 comentários:

Lia Gloria disse...

Olá Clau,
cheguei aqui por indicação da Nil, que tem toda razão, teu blog é o maior barato
tô rindo muito, vou sair daqui leve!!!

bjs

Nil Gonçalves disse...

Clauuuu, tá vendo? Essa pessoa querida, do comentário acima, é a Lia, do Lia no mundo da Lua, um blog show, lindo, e que escreve parecido com o seu jeito..amei a Lia também...agora tenho 2 maravilhas de escritoras, além de ver coisinhas lindas que gosto...por exemplo, esse gravador "da antiga", gente....eu via muito dele...minhas primas tinham um desse, a fita era assim mesmo, embolava, era uma coisa de difícil..vc ainda tem o seu, Clau?????????Tá vendendo????????Vende não, guarda....
ô tempinho bão..............

beijo Clau, beijo Lia Gloria!!!

nina disse...

clau querida, voc~e deu um tempo, em responder os comentários deixados com interesse de compra?paulocabalzar@hotmail.com

Nil Gonçalves disse...

Clau,

Mais uma vez, lembrei-me de você, e vim. Só para deixar um abraço e desejar uma semana ótima.

abç

Nil Gonçalves disse...

Oiii Clau...cheguei...

Ah, Clau, é um prazer ler seus textos. E sempre que eu tiver um tempo, virei. A não ser que eu esqueça, de vez em quando bate um esquecimento, vc deve entender, Clau, não entende? Aliás, tem algum texto sobre esquecimento?????????????????

Em tempo, desculpe-me, mas não tenho orkut, nem face, então virei mesmo é aqui, ocupar seu precioso tempo lendo essas linhas...
Bjs