segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Ir de taxi ? Nem a pau...

Existem coisas do nosso cotidiano que eu não se me irritam ou se simplesmente tenho implicância . Toda vez que tenho que sair de casa e pegar um taxi ou voltar para casa de taxi começo a expressar o meu lado sombrio.
Ontem mesmo que tive que pegar um desses daí e fazer uma longa corrida, fico pensando o que daria para comprar com toda aquela grana que rola no taxímetro, ele muda de preço e imagino o sapato legal que deixei de lado para não gastar, a blusinha daquela loja que tem a vendedora mal humorada que sempre demonstra que tem algo pessoal contra vc, naquela comidinha que acabou ficando na vontade e aí vai....
Uma vez um motorista me encarava tanto que quase mandei-o parar, quando terminou a corrida, meio sem graça veio me perguntar onde eu tinha comprado minha bolsa pois tinha achado-a muito diferente, quando respondi, me disse que era para sua mulher, tá boa né ...
Sem falar das conversas fiadas que rolam durante o trajeto, a falta de troco e algumas satisfações que se tem que dar lá sei eu por quê, alguns são muito fofos outros parecem psicopatas no trânsito.
Mas nem tudo é assim, em muitos momentos poder ir de táxi chega a ser uma benção.

2 comentários:

Lisete Cilene Paula Morais disse...

APROVEITEM, ESTA TUDO EM LIQUIDAÇÃO 40% DE DESCONTO
ESTOU LIMPANDO O BAZAR PARA NOVAS POSTAGENS, VCS NÃO PODEM PERDER NO
BAZAR LISETE (http://bazarlisete.blogspot.com/) , ESTOU DE VOLTA PARA DAR CONTINUIDADE AO BAZAR.... BEIJOSSSS

Jandira disse...

Olá querida, tem selinho pra vc no meu blog. Passa lá para pegar!
Bjsss
Janda
www.janda-nemluxonemlixo.blogspot.com